Instagram has returned invalid data.
Dicas e Lista

5 atitudes de quem tem amor próprio

No post passado falei sobre brigas nos relacionamentos e fiquei muito feliz com as perguntas, elogios e toda a repercussão que deu a postagem, mas confesso que também fiquei triste por alguns comentários. E não sei se vocês estenderam direito o objetivo principal daquele texto.

Quando eu pedi para vocês analisarem suas atitudes, não quis dizer que vocês não tinham atitudes ou estavam erradas nelas. Quis dizer para observarem se estão ou não fazendo algo errado que possa piorar o relacionamento de vocês, se não estão, é obvio que o errado é o parceiro. Quando falei para procurarem a razão, não era sobre a razão estar no outro e sim encontrar a razão em ambos, ambos se desculparem, ambos se aceitarem, ambos melhorarem.[clear]

Vi comentários do tipo “As amigas dele riram de mim e ele ao invés de me defender, defendeu elas”, “Eu faço tudo por ele, deixo a casa limpa e quando ele chega nada tá bom”, “Ele saiu com a ex e quando eu perguntei ele se estressou e terminou”. Primeiramente gostaria de perguntar uma coisa: Onde foi parar o amor próprio?

Agora parem de ler. Pensem. E se perguntem: Eu estou me dando valor?

E quando eu digo em se dar valor, não quero dizer sobre ser uma feminista de mão cheia (não que isso esteja errado, o feminismo de hoje foi a igualdade do passado), mas sobre encontrar o valor em suas atitudes.

Tudo bem. Já pensaram no seu valor? Ótimo. Agora quero que lêem essa listinha que preparei com muito amor próprio e própria (ou não) para vocês!

amor_proprio

1 – O espelho é meu bom dia.

Sim sim sim! Nada de eu sou muito feia e não gosto de me olhar no espelho, se você se sente assim vem cá, me adiciona no facebook e vamos conversar sobre isso. Se você não se achar linda, não tem como se amar. Então a primeira coisa que você vai fazer quando acordar é se olhar no espelho e não se importar se o cabelo está bagunçado ou se sua cara de sono está horrível, quero que você se ame assim mesmo. Porque você é sim linda ao acordar e quem te amar, vai te amar desse jeitinho, pois é ele quem vai te ver toda manhã. Então comece se olhando no espelho, analise cada parte sua e se apaixone por seu reflexo a cada raiar do sol.

2 – Eu estou bem assim.

Quero lembrar um clichê que sempre vai existir em nossas vidas: A perfeição NÃO existe. Sabe aquela famosa que você viu no noticiário hoje? Na vida real ela tem celulite, usa muita maquiagem e já fez progressiva. Assim somo você antes de ir para uma festa. O que deixa ela perfeita é a televisão e as fotos cheia de edição que você vê pela internet e que pode muito bem usar em suas fotos no photoshop.

Ah Kézia, mas eu queria perder alguns quilinhos. Vai caminhar, correr, faz academia, mas por favor, não se ache feia ou pense que você nunca vai conseguir mudar. A mudança começa dentro de você.

3 – Se ele me ama é porque sou boa.

Ou você acha que ele estaria com você se não te achasse linda? É difícil achar que alguém nos ama pelo o que somos, mas é verdade. Ele ama seu sorriso, ama o jeito que o olha e por mais que ache que não, ele repara em cada detalhe desconhecido seu, detalhe que você nem mesmo pensou em ter. O namoro é a melhor época para se descobrir, porque o parceiro de tanto ficar conosco, nos observando, acaba analisando coisas que se não fosse por ele, nunca iríamos entender. Aí você encontra mais e mais qualidades que te deixam assim, perfeita do jeito que é.

4 – Chega de 3, 4, 5 chances.

Agora que você já sabe que é linda e que ele precisa sim te dar o devido valor já que te ama, não adianta mais cismar com 3 chances. Se ele fez uma vez, vai fazer de novo. Ele errou em mentir, você não gostou da mentira, mas mesmo assim perdoou ele, avisou, conversou, explicou tudinho e colocou as coisas no seu lugar. Pois ele foi lá e bagunçou tudo de novo e de novo e de novo e é sempre a mesma bagunça, no mesmo local. Ele ta pior que cachorro dentro de casa. O que mais falta fazer? Quando a bagunça é demais, ou você educa ou bota pra fora. Ele não pode pisar em você sempre que quiser e depois vir pedindo desculpas. Amor é bom, mas quando compartilhado. Desculpa não cura coração partido, ela é só um meio de dizer que a culpa não foi sua.

5 – Eu me valorizo demais para chorar!

E não desperdiço minhas noites com lágrimas. Isso é fundamental gente! Chorar por um cara é normal no amor, a gente ama, a gente não quer perder ele porque desistimos e entregamos tudo pra isso funcionar. Choramos, esquecemos e colocamos a culpa na TPM. Ok. Dias se passam e lá estamos nós de novo no travesseiro molhado, enxugando lágrimas que são passageiras em todos os nossos sonhos. Sonhos que tem planos em conjunto, histórias futuras e que nunca sairão dos pensamentos antes de dormir. Agora me digam, o que adianta sonhar se não for pra vivê-lo na realidade? Por que ainda abaixamos a cabeça quando ouvimos gritos? Desde quando grito é sinal de carinho? Pera, pera que isso está errado. EU ME VALORIZO e não vou deixar mais nenhuma lágrima escapar por alguém que não fez questão de notá-la.

Se chegaram até aqui gostaria de agradecer a paciência e espero que essa listinha rápida possa ajudar vocês a lidar com o que jamais entenderemos totalmente: Nós mesmas. Sei que não é dever deles nos entender, mas é nosso dever saber até onde podemos aguentar o desentendimento.

Mais dicaspara você!
Presentes para namorado médico ou estudante de medicina [Dica da Leitora]
Domingo de compras no Shopping Cerrado com dicas de presentes
Presentes para apaixonados por carros, motos e decoração retrô


  • Eloisa 27 de janeiro de 2015

    Olà adorei tudo o q disse parabéns pelas palavras maravilhosas que confortao o meu coraçao. Mas minha duvida é outra, meu namorado sempre me cobra por tudo e nunca esta bom, e nada esta do jeito dele, ele gostaria que eu fosse do jeito que ele sonhou fazer tudo o que ele pede, nao sei mais o que fazer como agir com ele, ja disse que cada um tem o seu jeito mas ele nao aceita o meu nunca me de um conselho por favor.
    Obrigada bju

    • Kézia Martins 27 de janeiro de 2015

      Tudo bem, eu quero que leia de novo a lista e pense: Por que ele quer me mudar se ele diz gostar de mim?? Como eu disse no item 3 “Se ele me ama é porque sou boa” e ponto final, nada de mudanças que irá te afetar negativamente. Se ele mudar por você algumas coisinhas irritantes, beleza, você pode mudar por ele outras coisas irritantes suas. Coisas que você sabe que estao te fazendo mal, senão, pra que isso? Desnecessário.

  • Isa 27 de janeiro de 2015

    Seus textos são incríveis!! Estou apaixonada por todos que leio. Talvez vc não tenha noção disso, mas vc ajuda muitas pessoas, assim como eu! Este aqui foi uma injeção de ânimo em mim! Beijinho

    • Kézia Martins 28 de janeiro de 2015

      Espero ajudar mais, é uma felicidade imensa quando vejo que atingi meu objetivo em cada postagem *-* Obrigadaa!

  • Larissa 28 de janeiro de 2015

    Oi! Adorei o texto e me fez pensar bastante.. Tenho 18 anos, sou nova no meio do relacionamento, namoro faz 1 ano e 2 meses.. E minha vida está uma confusão! E no meio disso tudo me sinto insegura no meu namoro, sinto que talvez ele mereça alguém melhor.. Talvez seja uma fase, e que quando minha vida se acertar isso mude.. Mas o texto está me fazendo pensar, e quem sabe isso não saía da minha cabeça, né? Até porque, ele mesmo diz que tudo vai dar certo.. Então, devo apenas confiar… Vish, já falei demais kkk Enfim, obrigada pelo texto, parabéns por escrever tão bem! Beijos! Adoro o blog <3

  • Larissa Ferreira 28 de janeiro de 2015

    Isso mesmo Kézia! Às vezes peco muito sempre pensando nele em primeiro lugar, muitas vezes esqueço de mim. Mas ele é ótimo… tem seus defeitos, como eu tembém tenho, mas aos poucos estamos nos lapidando e tudo está ficando cada vez melhor.
    Eu é que me deixo de lado muitas vezes, faço as coisas por ele e não por mim.
    Mas meninas, outra dica pra ficar com a autoestima em alta é se cuidar com carinho. Se cuidem pra vocês e não pros outros. Se embeleze pra vc. Quando estou muito cansada a noite, tomo um banho demorado, depois me lambuzo de hidratante, coloco meu pijama preferido e me sinto ótima :)

  • Bru 28 de janeiro de 2015

    Esse texto foi um tapa na minha cara, literalmente!
    Já passei por poucas e boas no meu relacionamento, e por ser o primeiro (e eu querer que fosse o único) namorado, suportei de tudo que você possa imaginar. Até chegar a um ponto que eu não aguentava mais sofrer! Ele não trocava uma só palavra comigo, e eu esperançosa querendo conversar. Chorava horrores quando brigavámos, e ele parecia nem estar vendo aquela situação. Gritava comigo na frente dos familiares, falava inúmeras ignorâncias, e sempre quando eu estava decidida a terminar ele vinha e falava que iria mudar. Mudava na primeira semana, depois voltava cinco vezes pior!
    Até que esse mês, quando completamos dois anos, decidi terminar de vez. Estou péssima, ainda mais porque ele ainda não me procurou, e nunca mais falou comigo, nada.. Super diferente de como era antes. Acho que já está com outra, pois no namoro eu já desconfiava da traição..
    Enfim, está sendo muito difícil para mim ver o sonho que construímos acabar nesse pesadelo.. mas, sei que ficar sofrendo constantemente não iria me fazer feliz. Ainda não contei para a minha família, na verdade, nem sei como falar isso. Estou em um momento horrível.. esse texto acho que foi o princípio para eu começar a me ver melhor, coisa que não faço a bastante tempo, pois ao me olhar vejo o meu pior estado. Difícil :/

    • Kézia Martins 28 de janeiro de 2015

      Olá Bru! Nao fica assim não, voce fez mito certo em terminar. Nao podemos segurar sozinha algo que ja está caindo, as vezes o peso é muito grande pra um só suportar. Veja só, quando algo exige muita força, o melhor mesmo é deixar cair e isso nao é sinal de covardia, é sinal de aceitação e amadurecimento. Quem sabe no meio dos destroços ainda podemos encontrar algo de valor para nós, a gente nao vai saber até deixar. Outra coisa Bru, siga o exemplo da colega do comentario e comece a se cuidar para VOCE, fique mais linda do que já e eu garanto, quando voce mostrar amor próprio, muitos irão atrás do seu próprio amor. Querendo um pouquinho dessa aceitaçao que voce transborda por ai :D

  • Flávia 28 de janeiro de 2015

    Cadê o botão de curtir um milhão de vezes ? ♥

  • neiinha winchester 28 de janeiro de 2015

    Querida você é maravilhosa . adorei os pontos mas vamos combinar que na teoria tudo funciona difícil é ser firme na pratica pra poder dar certo. Gostaria de bater um papo com vc , se puder me orientar de alguma forma desde já te agradeço !

  • Priscila 28 de janeiro de 2015

    Bom, eu adorei o texto, porém nem tenho facebook mais e o motivo é basicamente o primeiro tópico, não me acho bonita, e meio que estou numa fase só de tristeza, isso porque nem sou mais adolescente (tenho 24 anos)…não sei se isso é uma fase ou o que é, mas às vezes até atrapalha meu namoro… Só sei que é ruim…desculpe falar por aqui… : /
    Mas adorei o texto.

  • Ingrid Fischer 28 de janeiro de 2015

    Vc é tuddo :)

  • Marcela 28 de janeiro de 2015

    Eu estou sem palavras! Parabéns Kézia pelo texto maravilhoso. Por experiência própria, sei que enquanto a gente não se amar ninguém vai conseguir nos amar de verdade. O amor próprio desperta o amor dos outros por nós. Como você mesma disse, as lágrimas, as desculpas fazem parte do relacionamento, mas devem ser por alguém que realmente se importe cada vez que isso acontecer. Eu tenho toda a sorte do mundo por ter um namorado que não gosta de me ver chorando, não importa qual seja o motivo, e em quase dois anos ele me fez ver muitas coisas em mim que eu mesma não via. Enfim, gosto muito dos seus textos, e acredito que para que um relacionamento dê certo, ambas as partes devem saber se amar para que assim saibam como amar o outro.

  • Deni 29 de janeiro de 2015

    Aeeeeeeeeei, eu fiz questão de ler tudinho, e Vc arrasoou. :*

  • Stefanny Lorranne 30 de janeiro de 2015

    Nossa, li seu texto passado e mesmo não sendo meu caso porque essa fase de brigas e mais brigas conseguimos resolver com CONVERSA, eu realmente amei

  • Dara 06 de fevereiro de 2015

    Achei que eu não tinha amor próprio até ler esse texto. Quero dizer… Sempre tive problemas de auto-estima e tudo mais, mas meu namorado me olha com tanta admiração, desejo, tanto brilho nos olhos que aceitei todos os elogios e eu mesma os faço no espelho todos os dias. Já tive problemas em “relacionamentos” anteriores que me faziam perder totalmente o meu amor próprio, e digo para todas as meninas e mulheres que acompanham o site: NUNCA deixem um babaca desvalorizar vocês. Vai ser difícil, você vai sofrer, chorar, perguntar o que fez de errado… Mas depois vai abrir os olhos, e encontrar aquele que te dá todo o valor do mundo, que te ama de verdade! Sem tirar nem por.

    Adorei o texto! Esse site é incrível. <3

  • Josyanne Gomes 10 de fevereiro de 2015

    Ameiiii !!

  • Karol Felix 21 de fevereiro de 2015

    Muito bom! Me fez refletir bastante! :))

  • Kênia 11 de março de 2015

    Sou prova de que não vale dar 3,4,5 chances. Dei duas, porém determinei (pra mim) limites e “exigências. O amor por sí só não sobrevive, tem que ser regado. São as sutilezas que fazem a diferença no dia-a-dia… e ainda tive que escutar que sou insatisfeita com tudo! Insatisfeita não, tenho amor próprio e não preciso de relacionamento meia boca! Principalmente por ter terminado um casamento pelo mesmo motivo. Fico sozinha mas nada de ter companhia só por ter, se não me supre. E de verdade: ninguém muda ninguém e por ninguem, se for importante, vai caminhar do seu lado, nem atras e nem na frente. Não vale a pena protelar… saí fora porque gosto de viver leve e quero somar e ser somada!

  • Lorrayne Miguel 11 de março de 2015

    Tô sem criatividade , não sei o que eu dou de presente para ele, tenho pouco dinheiro nesses meses , justamente esse.
    O niver dele 03 é em abril e fora de 5 é a páscoa … me ajude ?

  • karoline 11 de março de 2015

    Eu concordo plenamente com isso, achei o texto ótimo,parabéns.

  • Kamila Rodrigues Amaral 12 de março de 2015

    Adorei tudo o que você disse! Excelente.

  • H.a 12 de março de 2015

    Queria que tudo isso ficasse pra sempre na minha cabeça. Mas quando chega a crise esqueço de tudo e a única coisa que faço é me odiar. Ciúmes fora do controle. Eu me culpo por absolutamente tudo, se ele curti foto de alguma menina é culpa minha que não sou boa o suficiente… E por aí vai. Tenho um problema com minha aparência e depois da gravidez as coisas pioraram pra mim nesse aspecto, estou mais insegura que nunca. Pra mim qualquer pessoa é mais bonita e melhor que eu, pra mim ele vai me trocar a qualquer momento, e vai me trair com qualquer pessoa. De fato, meu psicológico é bem abalado é uma bagunça sem tamanho. Isso me traz muitos problemas no relacionamento, torna tudo mais difícil, ele diz não aguentar mais e parece que estou em um poço sem fundo, porque pensamentos autodestrutivos vem se eu querer. E de repente, quando leio um texto desse, consigo pensar racionalmente, e por instantes lembro o quanto sou incrível é que não preciso passar por tudo que passo, e criar situações desagradável pro meu relacionamento. Tenho 17 anos, não sei lidar com muita coisa, e quando vem o ciúme, a raiva e a dúvida, esqueço de todas as coisas boas que sou, é bem complicado

    • H.a 12 de março de 2015

      Parabéns pelo texto.

      • H.a 12 de março de 2015

        Queria que tudo isso ficasse pra sempre na minha cabeça. Mas quando chega a crise esqueço de tudo e a única coisa que faço é me odiar. Ciúmes fora do controle. Eu me culpo por absolutamente tudo, se ele curti foto de alguma menina é culpa minha que não sou boa o suficiente… E por aí vai. Tenho um problema com minha aparência e depois da gravidez as coisas pioraram pra mim nesse aspecto, estou mais insegura que nunca. Pra mim qualquer pessoa é mais bonita e melhor que eu, pra mim ele vai me trocar a qualquer momento, e vai me trair com qualquer pessoa. De fato, meu psicológico é bem abalado é uma bagunça sem tamanho. Isso me traz muitos problemas no relacionamento, torna tudo mais difícil, ele diz não aguentar mais e parece que estou em um poço sem fundo, porque pensamentos autodestrutivos vem se eu querer. E de repente, quando leio um texto desse, consigo pensar racionalmente, e por instantes lembro o quanto sou incrível é que não preciso passar por tudo que passo, e criar situações desagradável pro meu relacionamento. Tenho 17 anos, não sei lidar com muita coisa, e quando vem o ciúme, a raiva e a dúvida, esqueço de todas as coisas boas que sou, é bem complicado. Parabéns pelo texto.

  • Rayane 12 de março de 2015

    Bom dia. Acabei de ler o texto e super concordo com tudo o que disse.. Atualmente estou namorando um cara super complicado, não que eu não seja, mas ele diz nunca ter sentido nada a mais que um simples carinho ou afeto por alguem, no início isso foi um pouco difícil pra mim porque era acostumada ser amada da forma mais intensa possível.. E o fato dele me dizer que apenas gostava de mim, me perturbava. No início pensei ser a pessoa mais feia, idiota, e imperfeita do mundo.. Mas com o tempo fui vendo que não era isso.. Que ele apenas não tinha tido a oportunidade de amar. E ontem a noite ele disse com todas as letras que me ama e descobriu isso quando olha o meu sorriso, meu jeito, e sente o meu cheiro.. E cara.. Vindo dele.. Ele me ama mesmo. E uma dica para as meninas de plantão.. O amor próprio é o início se tudo, através do seu amor próprio ele vai te amar. Beijo pra vocês lindas.

  • Nael 22 de agosto de 2015

    Eu adoro os teus poste e vou te add no face porque preciso muito falar com alguém, bjs.

  • Lua 04 de janeiro de 2017

    Eu simplesmente amei. Acho que de todas as coisas em um relacionamento, o fundamental também, é o amor por si mesma, e esse texto foi definitivamente uma das melhores coisas que li relacionado a isso. Um dos melhores conselhos eu vi.

  • Lua 04 de janeiro de 2017

    Eu simplesmente amei. Acho que de todas as coisas em um relacionamento, o fundamental também, é o amor por si mesma, e esse texto foi definitivamente uma das melhores coisas que li relacionado a isso. Um dos melhores conselhos eu vi.