Crônicas

O dia em que o amor me chamou

amor-texto

Eu não percebi. Na verdade, a gente nunca percebe quando ele nos chama. A gente só vai, assim mesmo sem saber, de encontro a ele. Se fosse tão certo, não seria amor. Se soubéssemos, não seria sentimento. Se procurássemos, não seria eterno. Porque o amor é isso, ele é do contra. Aparece como quem não quer nada e conquista como dono de tudo.

Era pra ser algo normal, um encontro entre amigos. Coloquei na minha cabeça que aquilo não era nada, apenas uma conversa com uma pessoa que converso todos os dias. Algo normal, algo que eu poderia enfrentar.

Até o momento.

Meus sentimentos ficaram bagunçados assim que eu a vi. O cabelo estava despenteado, o sorriso aberto, um pouco nervosa e um pouco com medo.

Medo de quê? Eu queria muito saber.

Talvez o nervosismo seja porque ela tenha errado o caminho para nosso encontro, entrou do lado esquerdo ao invés do direito e ficou um pouco confusa por me ver de costas. Ela já estava sorrindo, e apressou os passos assim que me viu. Disse coisas bobas, perguntou se esperei muito, eu menti dizendo que sim só para perturbá-la e do nada ela reparou na minha cara, no meu jeito cansado e nos olhos vermelhos. Aquilo era um sinal da minha derrota. Da minha negação de que aquilo não era nada.

Meus olhos denunciavam o cansaço da minha expectativa e afloravam sua preocupação. Era doce o modo como ela me olhava, como alguém que poderia cuidar de mim sem nem eu mesmo pedir.

O momento era aquele. Ainda tinha minhas dúvidas, não sabia direito o que queria, se queria e como queria, mas foi tudo em vão. Digo isso porque toda a dúvida que habitava em mim, deu lugar para certeza. Assim que ela ocupou seu lugar na fila, quando eu me distanciei por um instante, vi ela olhando para mim. Como se estivesse aquele tempo todo procurando por alguém e me encontrasse como sua salvação.

Ela estava sorrindo e foi aquele sorriso que me conquistou, foi naquele momento que o amor me chamou e eu sem pensar, fui de encontro a ele no instante que ia de encontro a ela. Eu tive a certeza que a amava, quando amei aquele sorriso.

Queria aquele sorriso como estava naquele momento, só pra mim. E encontrei o amor a partir do momento que meu sorriso se encontrou nela.

Mais dicaspara você!
O melhor filme de todos
O que eu gosto em você
Amor requer discussão e não brigas