Instagram has returned invalid data.
Crônicas e Dia dos Namorados

Dia dos namorados – Sobre a ansiedade do (re)encontro

a-gente-danca

São sete horas da manhã, SETE! E sabe o que é pior? Hoje é domingo. Me diz, tem coisa mais irritante, decepcionante e, ao mesmo tempo, irresistível? Não. Eu não tô falando que é ótimo acordar em um domingo de manhã. Estou falando sobre hoje ainda ser domingo e você poder dormir o resto da tarde, ou o resto da manhã. Estou falando sobre aquela sensação ruim, e boa, que temos quando sabemos que algo é ruim, mas que mesmo depois disso (como acordar cedo) pode ser bom. Acordar em um domingo de manhã é como esperar ansiosa pelo o reencontro com seu namorado.

Deve ser por isso que você acordou assim tão cedo, no normal você não faz esse tipo de coisa, mas não tem como segurar o coração quando ele já está há muito tempo amarrado, apenas esperando o momento certo para se soltar. E quando esse momento chega minha amiga, não tem santo que faz nosso sentimento dormir tranquilo.

Eu sei, você tentou, jurou de pé junto que tentou dormir bastante pra não parecer cansada perto dele, mas sabe, já fazia um tempo que você estava cansada. Desde o momento que se separaram. Quando você disse até logo, e o logo não veio. Sei que é errado ficarmos ansiosos por causa de UM único dia, um dia que deveria ser como todos os outros, mas ainda bem, graças a Santo Antônio, esse dia não é como qualquer outro.

Principalmente quando se esta há muito tempo sem ver seu namorado. Quando se namora a distância e existem muitos motivos para a distância se alongar. Tanto fisicamente, quanto sentimentalmente. Não importa se ele mora em outra cidade, ou em outro estado. Não importa se ele até mora em outro país, sempre é difícil e você sempre ficará ansiosa por essas pequenas coisas que às vezes podem até passar despercebidas por outros casais (pois acreditem se quiserem, já passaram despercebidas por muitos), mas não pra você.

É tanta coisa acontecendo na sua cabeça, é tanta dúvida e tanto medo. Você não sabe o que esperar porque já faz tempo que não vê a pessoa que ama e isso, definitivamente não pode ser normal. E eu não estou falando isso de um jeito irônico. Não é mesmo normal ficarmos sem ver por tanto tempo a pessoa que amamos. Mas às vezes não temos escolhas. Nós não escolhemos por quem nos apaixonamos, é sério, eu entendo você, entendo todas vocês que namoram a distância e é por isso que tinha que escrever esse texto. Eu tinha que escrever um texto que era direcionado só pra vocês.

Eu sei como é acordar todos os dias sentindo falta daquela pessoa, sei como é tentar preencher essa falta o tempo todo com conversas e às vezes isso não funcionar, sei como é precisar de um abraço e ele não estar lá pra te abraçar, sei como é se sentir completa porque sabe que ele te ama, mas ao mesmo tempo, se sentir sozinha mesmo ele não te deixando por mais de 2 horas.

Esse texto é para todas as namoradas, e namorados que namoram a distância e que agora estão contando os dias para ver seu amor. Para poder abraçar, beijar e compensar o tempo perdido. É para os apaixonados que não poderão se encontrar, mas que continuarão se encontrando nos sonhos um do outro. É para a vontade IMENSA que vocês sentem em ficar juntos e é para certificar que essa vontade não será abalada.  Pois o dia dos namorados pode ser especial, mas é mais que especial para alguém que só pode ver aquela pessoa em datas especiais.

Ainda é de manhã, e espero que vocês aproveitem o resto do dia como deveriam aproveitar no dia dos namorados. Afinal, não é porque você verá ele neste dia, que o dia dos namorados não pode ser todo dia. Pense nisso e aproveite!

Mais dicaspara você!
DIY: Álbum Eu e Você
DIY: Kit Dia dos Namorados Perfeito
DIY: Jogo do Diálogo


  • Raquel Froz 29 de maio de 2016

    Chay, faz o vídeo ensinando a fazer a caixa explosiva de Café da Manhã para o dia dos Namorados.
    Por favor!
    Você é a melhor em vídeos, seus detalhes são perfeitos

  • Viviane 01 de junho de 2016

    Só quem vive sabe a alegria da chegada e a dor da despedida.
    Namoro a 3 anos e 6 meses, e faz 7 meses que ele mudou de estado. E tem dias que não é nada fácil, ainda mais quando as pessoas ao meu redor parecem não compreender o momento que eu vivo.
    Mas com essa distância, aprendi a ter muita disciplina, E a valorizar ainda mais cada momento presente ao lado dele.

    *Adoro o seu blog* ♡ ❤

  • Raynná 02 de junho de 2016

    Quem namora a distancia com certeza se identificou com cada palavra e conseguiu sentir todos esses sentimentos enquanto lia.. Namoro a distancia há 4 anos estou contando pá dias p isso acabar.. Mas posso dizer o quanto nos tornamos mais fortes devido a tantos momentos difíceis por causa da distancia. A saudade dói mas nada se compara ao abraço e o beijo dos reencontros.. Tudo acaba valendo a pena…

  • Bia 02 de junho de 2016

    seu texto me fez chorar, meu deus. muito obrigada por entender, é exatamente isso

  • Rafaela 07 de junho de 2016

    Obrigada pelo texto! <3 É exatamente assim! Me identifiquei e me emocionei!
    Já são 2 anos e meio namorando a distância!
    Apesar das dificuldades e medos, têm sido os meses mais felizes da minha vida!
    Viva o amor!

  • Nayara Silva 25 de setembro de 2016

    E logo hoje estou lendo esse texto. Hoje que é o dia que faz uma semana que não durmo direito só de pensar em quando aquela data vai chegar. Desde que começamos a falar dessa viagem, eu sonho com ela todos os dias, mesmo que ainda faltem 50 dias para ela acontecer. Mas o que são 50 dias perto dos três anos que tive que aguentar longe dela? O que são 50 dias pra quem estava pronta pra esperar pela eternidade por ela. 50 dias não são nada. São só mais um tipo de distância entre eu e ela. E eu já estou acostumada com distâncias.
    Daqui a 50 dias eu vou ver a pessoa que mais amo no mundo. Eu vou descobrir qual a sensação de abraçá-la, de beijá-la, de cheirar seu cabelo e de fazer ela rir. Os outros casais nunca vão entender isso. Nunca vão entender como é aquele frio na barriga que você tem só de pensar em ver a outra pessoa vindo na sua direção. E por mais que a distância seja ruim, é uma prova de amor. Uma prova de amor que os outros nunca vão entender. Claro que dói. Claro que machuca e que você sente falta. E sente muito. Mas vale a pena. É por amor. E o amor supera todas as coisas.

  • Claudenizia 30 de agosto de 2018

    Estou contando os dias para ver meu namorado, desde maio não nos encontramos. Sou do Ceará e ele do Rio Grande do Sul. Entro de férias agora em Outubro e vamos passar vários dias juntinhos. Gostaria de dicas e surpresas para agrada-lo durante esse período. Nos finais de semana vamos viajar, mas durante a semana, por ele está trabalhando, terei a manhã e a tarde livre na casa dele e gostariara muito de algumas dicas de surpresas e sugestões do que fazer, nesse tempo de espera dele do trabalho. Fico no aguardo!