Instagram has returned invalid data.
Sem categoria

Quebrando o tabu – Namoro à distância.

Quando o assunto em pauta é namoro à distância, gera um pouco (ou muita) polêmica quando discutido entre pessoas que não concordam e tem certo preconceito com isso – no meu caso, em particular, isso não só ocorre com os meus familiares, mas também com meus amigos (melhores amigos) – Sim, eu namoro à distância e sou muito feliz assim se querem saber.


Por mais ‘’moderno’’ que nosso mundo esteja, ainda é difícil aceitar e debater certos assuntos, e namoro à distância está no topo das discussões, principalmente familiares. 

Tive uma conversa rápida com uma das colunistas do Namorada Criativa (a Larissa Dargana) que, assim como eu, também namora à distância. Quando falei do preconceito existente na minha família ela declarou que:

“Isso é realmente triste/complicado, nunca sofri muito com isso, até porque, eu não dou muito espaço para que eles tenham esse preconceito, não estão no meu coração, não sabem do meu amor, então não devem julgar, mas sempre tem aqueles comentários desnecessários do tipo: “Como tu pode ter certeza que ele não te trai e afins.” E a resposta é muito simples, se tiver que trair, longe ou perto acontecerá”.



Não importa se todos te julguem, te critiquem… o que for. Ninguém manda no coração. O amor é assim, ele simplesmente acontece e difere de raças, classes sociais e distâncias. Como diria Renato Russo:

”Quem um dia irá dizer que existe razão nas coisas feitas pelo coração? E quem irá dizer que não existe razão?”.


É exorbitante o crescimento de relações a distância principalmente no Brasil, e a cada dia está cada vez mais acessível você ter uma relação à distância, meios de comunicações é o que não falta. 

Os mais usados por casais (creio eu, serem os únicos) são:

 – Internet (Facebook, Skype…)
 – Celular (Chamada, Sms, Whatsapp…)



Existem várias formas de passar o tempo com seu love, mesmo que à distância – digo isso por experiência própria – Não há desculpas para não aproveitar os momentos com ele. 

Aproveite cada minuto com ele, por mais curto que seja mesmo não sendo físico, mas será especial pra você e ainda mais para ele. 



Mais dicaspara você!
Enfeite para Árvore de Natal (Caixinhas de presente)
DIY: Como revelar fotos em estilo polaroid na Nicephotos
DIY: Quadrinhos com Lettering


  • Louise 02 de outubro de 2014

    É realmente complicado encarar um namoro a distância. Eu estou namorando há um pouco mais de 6 meses com a melhor pessoa do mundo. Além de todo preconceito normal por ser a distância, ainda passamos pela complicada situação de sermos um casal homossexual. Nos três primeiros meses de namoro sofremos bastante porque era tudo novo pra gente, tanto a distância quanto o preconceito. Por fim estamos aprendendo a lidar com isso e mesmo com todas as dificuldades nosso amor só cresce a cada dia. Hoje tenho certeza de que isso me fez amadurecer de uma forma surpreendente, além de ter a convicção de que ela me transformou em uma pessoa melhor no decorrer desses seis meses.