em Crônicas

Amor requer discussão e não brigas

tumblr_o5muaryoo61ujbu6bo1_1280

Uma coisa eu tenho que dizer: A gente muda muito a cada discussão. E às vezes isso não precisa ser uma coisa ruim, sabe? Mudar é bom. Discutir e ver no que podemos melhorar, é ainda melhor. É pra isso que serve o desentendimento, pra entender de novo. E de novo. E de novo. É um ciclo onde não temos saída.

Se você quer continuar, tem que conversar, tem que entender, tem que discutir, mas não precisa brigar. Discussão é entendimento e não revolução. Não é porque você tá conversando com ela, dizendo o que não gosta e o que gosta, que vai precisar mudá-la. Se ela não aceitar o que você fala, então aceita a negação dela. Só não força. Não obriga. Não oprime. Quando você começa a fazer isso não é mais amor. É outra coisa, talvez paixão.

É nessa hora, é no meio desse ciclo que precisamos criar coragem pra aprender. Às vezes temos que erguer a voz, outras precisamos abaixar a cabeça e quase sempre terminaremos com uma noite mal dormida. Porque coração confuso é inquieto. Fica cheio de vontades e desejos. Amanhece com mil pedidos de desculpas e desperta cheio de beijos. Só que a voz erguida não é escandalosa, ela não assusta, ela não causa medo, ela só alerta. A diferença da briga pra discussão é que você acaba aprendendo, você não se sente uma pessoa menor, mas melhor por entender a pessoa que você ama. Relacionamentos não precisam ser feitos de brigas, mas sim de conversas sérias.

Um conversa séria não te faz chorar. Não te magoa a ponto de querer mudar porque AQUELA PESSOA DIZ, mas te mostra que certas mudanças são importantes para seu crescimento. Você não precisa sair com a consciência pesada porque fez algo errado, mas com a ideia de crescimento para melhorar o que foi estragado.

Um relacionamento não precisa de brigas, precisa de discussão. Porque é nesse bate boca que a gente aprende. É nesse vou e não vou, quero e não quero que a gente entende o nosso querer. Você não precisa sair magoada, nenhum dos dois precisa. Ninguém precisa aumentar a voz ao ponto de fazer os ouvidos doerem, nem de sofrer ameaças porque “se você não fizer isso eu vou terminar”. Amor não é feito sob ameaça. Ele não proíbe. Não causa medo. Porque se causar medo não é amor, é posse.

Amor PRECISA SIM de uma conversa longa, de um papo sério, de botar as coisas em ordem em uma tarde, mas você não precisa sair com o coração magoado pra ter tudo isso. Basta sair com o coração forte. Com vontade de mudar porque isso é melhor pra todo mundo. Literalmente.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

1 comentário

  1. Anne Khury em

    Um dos melhores textos da pagina. Sou fã! Posso mandar um também?

    Responder