em Dicas

Ano Novo: Conselhos de uma criativa

tumblr_ms3oxpnwkE1rtazido1_1280

A contagem regressiva começou. Seu coração já tá cheio de esperança, cheio de planos, cheio de mudança. Você tá torcendo pra esse ano acabar e começar logo o ano que tudo será diferente. É pra isso que estou escrevendo esse texto. De amiga pra amiga. De leitora pra leitora. O ano pode ate ter sido ruim pra você, mas no meio de tanta tempestade, a gente sempre consegue encontrar um fio de luz, não é mesmo? E é esse fio de luz que eu quero mostrar. É o fio que vai te guiar pro ano que tá só começando.

Vocês lembram daquele ditado “Amar não é querer alguém construído, mas construir alguém querido”? Pois então, é isso que percebi durante o ano, com os desabafos que vocês colocam (e claro, que eu amo) nos comentários. Primeiro, não pensem que eu estou julgando! Estou aqui pra tentar entender o que na maioria das vezes nós não entendemos. E uma coisa que não entendemos é isso. O fato de idealizarmos demais algo. Querer demais de alguém. Querer até mesmo o homem perfeito. Percebem? “Ele não faz isso”, “ele não me deu isso”, “ele não DISSE isso”… tem gente aqui querendo ter controle até dos diálogos, sinto muito, mas isso nós só temos ao escrever. Não comecem o ano querendo AQUELE tipo de namorado, comecem ele desejando o tipo que te faça feliz. E só. Ele não precisa ser loiro, você não tem que mandá-lo pintar o cabelo e nem dizer pra ele te comprar um buquê de rosas vermelhas. Se ele vier com uma caixa de bombom já tá bom demais. Você não tem que transformar seu namorado no cara perfeito, mas sim deixar que a relação de vocês seja perfeita. E talvez isso só não esteja acontecendo, porque você continua exigindo o que não deve.

Ao mesmo tempo que vi gente aqui exigindo demais, também vi garotas sendo menos de si mesmas para ser mais para alguém. Sabe aquela coisinha chamada divisão? Então minha gente, precisamos saber dividir muita coisa em uma relação. E isso não tem nada a ver com horários, mas sim com interesses e sensações. Que ano que vem vocês possam saber dividir. Que possam aproveitar mais o amor que vem de dentro e que te alimenta a cada dia: O seu! Não será o próximo amor que te deixará feliz, mas o amor que te deixa mais próxima de si. Lembre-se que nenhum amor foi feito pra ser menor do que você é.

Esses foram os pontos principais e os mais comentados durante o ano. É básico, mas espero ter ajudado ao menos um pouco. Quero que esse ano seja o ano das conquistas, das descobertas e das desilusões. Quero que vocês tentem, e tentem com tudo, quero que todas consigam descobrir novas coisas sem medo e sem vergonha. A gente tem receio de tentar porque temos esse pensamento medroso que cada tentativa é um pedaço nosso que se perde. Mas vem cá, vou te contar um segredo: é tentando que achamos as partes que a vida tirou.

Que nesse ano vocês encontrem cada uma de suas partes perdidas. Um feliz 2017, cheio de tentativas e conquistas!

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook