em Crônicas

Sobre as coisas que você poderia ter vivido

tumblr_nnskbmhl4H1uq7dito1_500

Já pensou o que aconteceria se você tivesse dito sim? Quanto mais você viveria? Quanto mais se impressionaria? Quantas histórias não contadas você poderia ter escrito ao lado daquele que (tudo bem, poderia não ser o homem ou mulher da sua vida) seria seu melhor momento?

Talvez se você tivesse dado uma chance, se você arriscasse, se largasse o medo, se entregasse, vivesse um amor momentâneo, um amor que faça seu coração dançar, vai saber? Vai saber se isso não mudaria sua vida? Suas ideias? Se não te ensinaria a ser melhor? Não é isso que o amor deve fazer com a gente? Nos mostrar algo melhor? Você pode achar que não, mas mesmo depois do sofrimento, ele ensina, ele nos mostra o quanto tiramos proveito, mesmo sem perceber, dessa situação. Porque no final de tudo a gente aprende.

Mas você não vai aprender nada se não dizer algo. Lembram quando eu disse pra vocês não terem medo de se apegar? Pois é disso que eu estou falando. É se apegando que se vive. Tudo bem você ter amor próprio, isso é ótimo, mas o que é a vida sem loucura? Sem amores loucos que nos fazem mudar? Não é vida. Não tem vida sem arrependimentos, pois são eles que trilham nossa história.

Veja só, se você tivesse aceitado aquele convite, poderia muito bem estar em uma viagem de carro sem nenhum rumo aparente. Você poderia estar agora dançando ao pôr do sol, no meio de uma rua deserta. Vocês fariam gracinhas um para o outro dentro do carro e conheceriam lugares que nunca pensaram em visitar. Vocês usariam o dedo para escovar os dentes porque esqueceriam alguns utensílios básicos enquanto fugiam sem destino. Vocês pediriam carona. Viveriam a base de descobertas, e desfrutariam a companhia um do outro. Vocês fariam amizades, conheceriam pessoas maravilhosas, fariam tatuagens, correriam em uma praia deserta e acampariam sobre as estrelas.

Ele se ajoelharia e você acharia que aquilo tudo era uma brincadeira, mas então veria o nervosismo em seu rosto e perceberia como estragou o momento. Que loucura, não é? Depois disso você perceberia que tudo aquilo foi só isso, um momento. Um desses maravilhosos do qual você nunca se esqueceria. Gente! A vida não é feita disso? De momentos? Se não apreciarem como estariam vivendo? Aliás, vocês estariam vivendo?

Sabe, poderíamos ter vivido muito mais, se ao menos tentássemos sair de nossa zona de conforto. Adentrássemos aquela porta e partíssemos rumo as profundezas encobertas do nosso coração. Será que você teria coragem?

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

2 comentários

  1. Bruna Emanuelli Gorte em

    Adorei!
    <3

    Responder
  2. Anônimo em

    O mundo é de quem se arrisca,de quem esquece o medo e vai adiante. Força, foco e fé em Deus.

    Responder