em Crônicas, Histórias

Do sentir demais

feelings

Sabe, isso de sentir demais sempre me traz problemas. Qualquer coisa tira meu chão muito fácil. Pareço louca, sim eu pareço.

Você fica aí dando risada porque não sabe o que eu passo. Queria aproveitar tudo isso para ser uma artista, sabe né, tirar um proveito dessa sensibilidade que dizem por aí, todo o artista deve ter. Mas dos artistas (pelo menos os clássicos) tenho só a bebedeira, a intensidade, a preguiça, um rio de sentimentos e um bocadinho de inércia.

Não, cara, não é nada legal! Minha mãe sempre dizia “menina, para de sofrer antecipado”, mas eu lá sabia como não fazer isso?

Um turbilhão de sentimentos, internos e externos. Mais calor e mais frio. Mais fome e mais sono. Mais risadas e mais choro.

Aí me vem você, querendo me equilibrar em toda essa confusão. Já te aviso, não tem como isso dar certo. Desiste logo, será mais fácil para você. Sério!

Sua vinda me bagunçou ainda mais, ao extremo. Faz-me morrer a cada dia, de amor, de raiva, de expectativas, de alegria, de tudo.

Desde que surgiu, tranqüilo, bem vestido e perfumado, cabelo penteado, olhar sereno, quase um monge; venho sofrendo desse tanto, pro bem e pro mal. Sim, eu sei que você nem faz nada para que eu fique assim, você não é um cara mal, eu é que sou louca. Lembra que te avisei?

Só de existir, você já é motivo de toda essa bagunça. Mas olha, sem pressão, tá bom! Só fica aí, puxa uma cadeira, me traz uma Coca que tá um calor danado.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

4 comentários

  1. Ana Krummenauer em

    Muito bom Chai!
    Sou super assim, sofro por coisa sem algum cabimento, choro sem motivo (na verdade ele existe, mas meus motivos não possuem senso), e é sempre aquela confusão. Mas é a vida, e no fundo não trocaria por nada!
    Beijo =)

    Responder
  2. Ale em

    Muito bom mesmo, você deveria escrever um livro!
    Sei bem como é esse turbilhão de sentimentos e super me identifico com o que está escrito.
    As vezes é bom ver que não somos as únicas no mundo que sofre desse mal (ou bem, depende da ocasião.. rsrs).

    Responder
  3. Gabriela Ribeiro em

    E como doi :(

    Responder
  4. larissa lima em

    Vejo que não é só eu que sofro disso, bom saber, assim não min sinto á unica que chorar atoa ,cobrar atoa as mulheres sentem falta daquele carinho daquele amor sincero, bom eu amo muito meu namorado ele é tipo assim mesmo achar que nois mulheres exige demais deles, mais eu só falo com á razão.
    Amei sua História.

    Responder